jump to navigation

É Hora de Despertar Dezembro 19, 2013

Posted by David Costa in Estudos.
trackback

“E isto digo, conhecendo o tempo, que já é hora de despertarmos do sono; porque a nossa salvação está agora mais perto de nós do que quando aceitamos a fé. A noite é passada, e o dia é chegado. Rejeitemos, pois, as obras das trevas, e vistamo-nos das armas da luz.” (Romanos 13:12)

O dia e a noite nas escrituras

Alguns dos estudiosos e também conhecedores da Bíblia ensinam que o “dia” e a “noite” na passagem bíblica acima citada devem ser vistos do ponto de vista dispensacional. A noite do mundo, sugerem eles, veio com a queda do homem no jardim do Éden. Então, quando o nosso Senhor Jesus Cristo apareceu na terra o dia amanheceu, pois Ele era “a luz do mundo” (João 8:12). Mas o mundo, incluindo o “Seu próprio povo” o rejeitaram, e a noite caiu novamente no momento em que Ele deixou a terra e ascendeu aos céus. O mundo não tornará a conhecer a luz do dia até que Ele volte para reinar na terra.

Assim à primeira vista esta interpretação até soa-nos muito razoável, mas procurando nas Escrituras encontramos o que o Senhor Jesus Cristo disse ao seu povo: “Falou-lhes, pois, Jesus outra vez, dizendo: Eu sou a luz do mundo; quem me segue não andará em trevas, mas terá a luz da vida” (João 8:12).

Neste versículo das escrituras podemos ler que só os que verdadeiramente o seguiam é que não caminhavam nas trevas, e tinham também “a luz da vida”. Isto está de acordo com o testemunho inspirado do apóstolo João: “Nele estava a vida, e a vida era a luz dos homens” (João 1:4).
Quanto ao mundo, que não quis participar desta vida, o apóstolo João continua a descrever o quão profunda era a escuridão da noite: “E a luz resplandece nas trevas, e as trevas não a compreenderam” (João 1:5).

A luz brilhou, mas não conseguiu penetrar a densa escuridão da noite; a escuridão não foi desfeita pela luz.

Na verdade, quando o Senhor Jesus Cristo veio a este mundo, a escuridão era tão densa que Deus enviou primeiro a João Baptista a apontar aos homens Cristo, a luz.

“Houve um homem enviado de Deus, cujo nome era João. Este veio para testemunho, para que testificasse da luz, para que todos cressem por ele.” (João 1:6-7)

Portanto agora é evidente, que o nosso Senhor Jesus Cristo não dissipou as trevas do mundo, na sua primeira vinda, e que, dispensacionalmente, não era dia enquanto Ele estava na terra. Acreditamos, sim, que a noite do mundo começou com a queda do homem e que a escuridão não será dissipada até à segunda vinda de Cristo para julgar e reinar. Então os ímpios serão julgados e queimados como “palha” (Malaquias 4:1), mas para aqueles que temem o Seu nome “nascerá o sol da justiça, e cura trará nas suas asas”.

“Porque eis que aquele dia vem ardendo como fornalha; todos os soberbos, e todos os que cometem impiedade, serão como a palha; e o dia que está para vir os abrasará, diz o SENHOR dos Exércitos, de sorte que lhes não deixará nem raiz nem ramo. Mas para vós, os que temeis o meu nome, nascerá o sol da justiça, e cura trará nas suas asas; e saireis e saltareis como bezerros da estrebaria.” (Malaquias 4:1-2)

Por isso é que Ele é chamado de “resplandecente estrela da manhã” nas escrituras que aplicam-se primeiramente à grande tribulação (Apocalipse 22:16; II Pedro 1:19).

Mas agora podemos colocar a seguinte questão: mas afinal o que pretenderia o apóstolo Paulo em Romanos 13:12, quando escreveu que a “noite é passada, e o dia é chegado”?

A nossa noite e dia

Nós acreditamos que a resposta a esta questão é a seguinte: o apóstolo Paulo aqui nos versículos 11 e 12, de Romanos, capítulo 13, não estava a falar dispensacionalmente. Certamente, se a “noite” da presente dispensação da graça seguiu o suposto “dia” do ministério terreno de nosso Senhor Jesus Cristo, o apóstolo Paulo não poderia ter escrito que a noite “é passada”. Quando ele escreveu, tinha ainda mal começado.

Preferencialmente, Romanos 13:11-12 deve ser comparado com outras passagens, como por exemplo, 2 Coríntios 4:6: “Porque Deus, que disse que das trevas resplandecesse a luz, é quem resplandeceu em nossos corações, para iluminação do conhecimento da glória de Deus, na face de Jesus Cristo.”

Graças a Deus, pois o dia raiou para o crente no Senhor Jesus Cristo, apesar da noite ser escura sobre ele! E porque o dia já raiou “é hora de despertarmos do sono; porque a nossa salvação está agora mais perto de nós do que quando aceitamos a fé”.

A nossa salvação como crentes em Cristo é segura, mas todavia ainda não está completa. Não importa como nos regozijamos em Cristo, ou como gostamos de testemunhar da Sua graça, ou até como apreciamos estudar a sua Palavra; há ainda mais, muito mais para acontecer no porvir. O amanhecer da luz que nos trouxe alegria e tantas bênçãos, num abrir e fechar de olhos, irá ter toda a sua plenitude quando o nosso Amado vier-nos arrebatar para Si mesmo.

Não dormamos

É importante notar que nós não estamos à espera que amanheça o dia. Para nós, o dia já raiou e a sua plenitude está à mão. Será que existe um argumento melhor para nós “despertarmos do sono”?

Podemos encontrar com algum vigor este mesmo desafio em 1 Tessalonicenses, capítulo 5. Depois do apóstolo Paulo explicar em 1 Tessalonicenses 4:16-18 como “nós” seremos arrebatados para irmos ao encontro do nosso Senhor e estarmos com Ele por toda a eternidade, no capítulo 5, versículo 2, ele escreve que “o dia do Senhor virá como o ladrão de noite”.

“Mas, irmãos, acerca dos tempos e das estações, não necessitais de que se vos escreva; Porque vós mesmos sabeis muito bem que o dia do Senhor virá como o ladrão de noite; Pois que, quando disserem: Há paz e segurança, então lhes sobre-virá repentina destruição, como as dores de parto àquela que está grávida, e de modo nenhum escaparão.” (1 Tessalonicenses 5:1-3)

Mas o apóstolo Paulo continua escrevendo: “Mas vós, irmãos, já não estais em trevas, para que aquele dia vos surpreenda como um ladrão; Porque todos vós sois filhos da luz e filhos do dia; nós não somos da noite nem das trevas” (1 Tessalonicenses 5:4-5).

Este é o único argumento sobre o qual o apóstolo Paulo baseia o seu apelo para estarmos acordados e alertas. Não nos estimula a estarmos acordados para defendermo-nos contra o ladrão, porque antes de nosso Senhor vir como um ladrão, já teremos sido arrebatados. Antes o apóstolo Paulo escreve: o ladrão virá durante a noite, mas “vós sois filhos da luz e filhos do dia; nós não somos da noite nem das trevas”.

“Não durmamos, pois, como os demais, mas vigiemos, e sejamos sóbrios” (1 Tessalonicenses 5:6).

Já é hora de despertarmos

Não deveríamos deixar de atentar para com a urgência que o apóstolo Paulo revela quando escreve: “E isto digo, conhecendo o tempo, que já é hora de despertarmos do sono; porque a nossa salvação está agora mais perto de nós do que quando aceitamos a fé. A noite é passada, e o dia é chegado. Rejeitemos, pois, as obras das trevas, e vistamo-nos das armas da luz.” (Romanos 13:11-12).

Grande vergonha deveria ser estarmos a dormir assim numa hora tão tardia, especialmente quando há batalhas a ser travadas e vitórias a ser conquistadas! Assim é forte o seu apelo para “rejeitarmos” as roupas da noite da insensibilidade e “vestirmos a armadura da luz.”

Esta armadura de luz é nada menos que o próprio Senhor Jesus Cristo, conforme indicado no versículo 14: “Mas revesti-vos do Senhor Jesus Cristo, e não tenhais cuidado da carne em suas concupiscências”.

Os crentes já estão “em Cristo” posicionalmente, mas devemos nos “revestir dEle” na nossa experiência diária, tal como está escrito em Colossenses 3:8-14.

“Mas agora, despojai-vos também de tudo: da ira, da cólera, da malícia, da maledicência, das palavras torpes da vossa boca. Não mintais uns aos outros, pois que já vos despistes do velho homem com os seus feitos. E vos vestistes do novo, que se renova para o conhecimento, segundo a imagem daquele que o criou; Onde não há grego, nem judeu, circuncisão, nem incircuncisão, bárbaro, cita, servo ou livre; mas Cristo é tudo em todos. Revesti-vos, pois, como eleitos de Deus, santos e amados, de entranhas de misericórdia, de benignidade, humildade, mansidão, longanimidade; Suportando-vos uns aos outros, e perdoando-vos uns aos outros, se alguém tiver queixa contra outro; assim como Cristo vos perdoou, assim fazei vós também. E, sobre tudo isto, revesti-vos de amor, que é o vínculo da perfeição.” (Colossenses 3:8-14)

Em Efésios 5:8, o apóstolo Paulo escreve: “Porque noutro tempo éreis trevas, mas agora sois luz no Senhor; andai como filhos da luz“. No momento em que nós “nos revestimos do Senhor Jesus Cristo” e “andamos como filhos da luz” descobrimos que esta luz é uma armadura para proteger-nos do pecado e para defender-nos contra Satanás, que busca derrotar-nos e colocar-nos em fuga.

Desperta e levanta-te

Finalmente, enquanto que em Romanos 13:11 o apóstolo Paulo nos convida a “despertarmos do sono”, em Efésios 5:14 ele roga “desperta, tu que dormes, e levanta-te dentre os mortos”. Os crentes já ressuscitaram de entre os mortos com Cristo, pela graça (Efésios 2:4-6).

Algumas vezes, no entanto, ainda estamos adormecidos, dormindo nas nossas responsabilidades, nas oportunidades, nas necessidade e nos desafios do tempo em que estamos a viver. Com este nosso comportamento seremos nós diferentes dos outros homens que ainda estão “mortos em delitos e pecados”? Será que estamos a dar toda a liberdade a Deus para nos usar?

O apóstolo Paulo nos exorta: “Por isso diz: Desperta, tu que dormes, e levanta-te dentre os mortos, e Cristo te esclarecerá. Portanto, vede prudentemente como andais, não como néscios, mas como sábios. Remindo o tempo; porquanto os dias são maus. Por isso não sejais insensatos, mas entendei qual seja a vontade do Senhor.” (Efésios 5:14-17)

(por Cornelius R. Stam)

Anúncios

Comentários»

No comments yet — be the first.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: